terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Uma breve história da Franja Pin Up




A chamada “franja Pin Up” se tornou um ícone da estética Pin Up. Muito usada até hoje, ela se popularizou com a modelo Bettie Page. Vamos a uma breve história, para saber como ela surgiu.

A chamada franja pin up se popularizou com a modelo Bettie Page.

Esse estilo de franja curta já era usado na Era Vitoriana, entre meados de 1870 a 1890. Era usada, geralmente, por meninas jovens e crianças, sendo então um símbolo de infância e inocência.

A franja curta já era usada na Era Vitoriana, mas por meninas.
 

Bettie Page, como sabemos foi uma modelo pin up famosa nos anos 50, e que se tornou ícone da cultura fetichista, ao ser fotografada em ensaios que retratavam o bondage. O fotógrafo que a descobriu, Jerry Tibbs, achava que Bettie tinha uma testa muito alta e proeminente, e também muito larga, o que atrapalhava a usar o cabelo dividido ao meio. Foi então que ele sugeriu a ela uma franja curta, convexa e lisa. Ela costumava enrolar e escovar bastante a franja antes de cada sessão de fotos, o que muitas vezes causava atrasos.

Bettie Page dedicava muito tempo à franja
antes das sessões de fotos.
 

Depois de anos de censura, o trabalho de Bettie Page ressurge nos anos 80, e começa a conquistar cada vez mais fãs. Desde então, a franja já foi usada por inúmeras celebridades, e a popularidade só vem crescendo, já que a cultura retrô e pin up têm estado cada vez mais em evidência. Já usaram a franja: Madonna, Gwen Stefani, Dita Von Teese, Katy Perry, Hayley Williams (da banda Paramore), Beyoncé e muitas outras mulheres do mundo da música, especialmente da cena underground.

Dita von Teese usando a franja: cortada e falsa franja.
 
Katy Perry e Beyoncé usando a franja.

Madonna, Gwen Stefani e Hayley Williams.


Existem dicas para quem se arrisca a cortar a franja. É necessário encontrar o formato certo, fazendo uma curva suave em U. Se você já tiver uma franja reta, pode ser mais fácil. Corte com o cabelo seco, e tome cuidado para não ir além das têmporas. Ou você pode preferir não arriscar seu cabelo e cortar com um cabeleireiro. De qualquer forma, o conceito que você vai explicar da franja com leve curva em U, vai ajudá-lo a entender o que você quer. Depois de cortada, você vai precisar alisar a franja, seja com uma prancha alisadora (conhecida popularmente como “chapinha”) ou com a escova. Para ficar com visual perfeito, invista em deixa-la com aquela curvinha, para que fique a autêntica franja convexa. E não se esqueça do spray de cabelo.

Como cortar a franja.
 

Caso você prefira não cortar, e usar a franja só de vez em quando, existe um jeito de fazer uma franja falsa. Sim! Nesse vídeo, eu te mostro como fazer isso de uma forma fácil e rápida:





A Franja também é chamada por outros nomes, especialmente, quando é usada com o truque de não cortar, como: franja rolo ou franja falsa. Mas falsa ou não, ela é comumente conhecida como franja pin up ou franja da Bettie Page. Esse truque da franja rolo já era usado nos anos 40, assim como algumas franjas curtas. E isso aparece em ilustrações da época. Mas a franja se tornou mesmo um ícone da estética pin up com Bettie Page. Então nada mais justo do que ela ser conhecida como tal.

A franja já aparecia em ilustrações pin uop dos anos 40.
Ilustrações de Alberto Vargas.
 



Quer acessórios para completar seu visual com a franja? Confira em www.madamevintage.com.br




Posts Relacionados:

Look Pin Up de Carnaval!

Tendência de Verão: Estilo Tiki


Estilos de Pin Up

Dicas para montar seu Estilo e seu Guarda Roupas Pin Up 

Moda dos Anos 40


A Moda dos Anos 50

A arte Pin Up e Seu Legado Cultural


E-Book Grátis: Guia de Estilo para Pin Ups!

Video: Como fazer um Penteado com a Bandana Pin Up

Estilo Pin Up: acessórios para a cabeça


Estilo Pin Up

Video: Como fazer um Penteado Pin Up com Flor

Nenhum comentário:

Postar um comentário