segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

O Ano está chegando ao Fim...


O ano está chegando ao fim  e eu fiz esse video para te falar sobre o que eu te desejo nesse fim de ano.

E agora vou tirar alguns dias para fazer um balanço do ano, planejar o ano que vem (tanto na loja quanto na minha vida pessoal), e também para criar novos chapéus e descansar. Ufa!

Ano que vem tem mais! Mais novidades, mais dicas, mais posts e videos! 


Tenha um fim de ano maravilhoso!

Um beijão e até lá! ♥


Aproveite também e clique aqui para se inscrever no nosso canal do Youtube!
😉

 

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Etiqueta: A Mulher Deve Tirar o Chapéu? (Video)


Tem gente dizendo que a mulher, assim como o homem, deve tirar o chapéu em algumas ocasiões. Será que isso é verdade? Nesse video, eu explico as regras de etiqueta para homens e mulheres e quais as diferenças entre elas. Assista e entenda!

E se você ainda não conferiu o outro video que eu postei com várias dicas de etiqueta para usar o chapéu, aproveite e assista agora:
 


Aproveite também e clique aqui para se inscrever no nosso canal do Youtube!
😉



Posts Relacionados:


Dicas: Etiqueta para Usar o Chapéu

Acessórios para a Cabeça: Você Sabe Quem é Quem? (Video)

Como Escolher o Modelo de Chapéu de acordo com o Formato do seu Rosto

Video: 5 Formas de Prender seu Chapéu

Acessórios para a cabeça: chapéu, fascinator, casquete, voilette

A história do chapéu

Dicas: Como conservar seu chapéu

 

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Como Escolher o Modelo de Chapéu de acordo com o Formato do seu Rosto





Às vezes, algumas pessoas sentem dificuldades para escolher um modelo de chapéu, e acham que por algum motivo ele não lhe cai bem.  Escolher um modelo que harmonize com o formato do seu rosto pode ajudar. É claro que não existem regras, e você pode usar o chapéu de que gostar mais. Mas se você gosta de harmonizar os acessórios de acordo com seu tipo físico, confira essas dicas.





Rosto Oval

O rosto oval fica bem com praticamente qualquer chapéu. Mas para destacar o rosto de forma harmônica, uma boa dica é usar chapéus de formato assimétrico. Neste caso, escolha uma copa maior do que suas maçãs do rosto. 


Recomendados: Chapéu sem abas (um de estilo gorro, por exemplo), Fedora, Cloche, Newsboy Hat, turbante, gorro.






Rosto Redondo


Para o rosto redondo, a proposta é criar um efeito de alongamento. O intuito é alongar o rosto e harmonizar com as maçãs do rosto. O recomendável são chapéus de copa média e alta, com abas proporcionais. Se usar boina, coloque na cabeça de modo que ela fique inclinada para um dos lados. Outra dica é evitar cobrir muito a testa. Enfeites que criem efeito de altura maior, ou maior tamanho vertical, como penas, também são recomendados. Formatos angulosos também são uma boa sugestão.


Recomendados: Chapéu Floppy, Fedora, Cloche, Newsboy Hat, Homburg, gorro com pompom, boina (beret).





Rosto Quadrado


Para o rosto quadrado, procure modelos que suavizem as linhas laterais retas do rosto. Uma boa sugestão é investir em modelos de copas médias e abas maiores em relação à copa. Chapéus altos ou com apliques verticais (assim como no caso do rosto redondo) também podem ser uma boa ideia. Copas e abas redondas também podem ajudar. O formato redondo ajuda a suavizar as linhas retas. No caso de chapéus de modelo mais esportivo, uma boa dica é posicionar em uma região um pouco mais para trás da cabeça, e evitar cobrir a testa.


Recomendados: Chapéu Floppy, gorro, Cloche, Flat Cap, Homburg, boina (beret).





Rosto Triangular/Formato de Coração


O rosto triangular fica bem com quase todos os modelos, quase tanto quanto o formato oval. A ressalva seria a de evitar um modelo com a copa menor do que as maçãs do rosto. Evite também abas muito largas. Uma boa dica é usar um chapéu de copa pequena inclinado para um dos lados. Um modelo que cubra a testa também é uma boa pedida. Pequenos acessórios posicionados no topo da cabeça também ficam harmônicos.


Recomendados: Chapéu sem abas (um de estilo gorro, por exemplo), Flat Cap, Fedora, Cloche, Derby (estilo gângster), gorro com pompom, boina (beret).






Rosto Alongado


Para o rosto alongado, o intuito é causar um efeito de rosto menor. Experimente um modelo de copa baixa ou média. Uma dica é usar o chapéu inclinado em um dos lados da cabeça. A aba larga pode ser uma boa opção. Outra boa ideia é usar um cloche abaixo das sobrancelhas. Evite acessórios altos, com volume vertical.


Recomendados: Chapéu Floppy, Fedora, Cloche, Coco/Bowler, boina (beret).






Outras dicas


* Seja qual for o seu formato facial, usar o chapéu inclinado sempre favorecerá seu rosto. Uma boa angulação é a de 70°, para qualquer um dos lados.


* Tamanhos de chapéus entre o pequeno e o médio favorecem a maioria das pessoas. É uma boa forma de evitar que algumas pessoas pareçam ter sido “engolidas” pelo chapéu.


* Evite chapéus que tenham uma aba larga de tamanho maior do que o dos seus ombros.


* Não tenha medo de usar cores nos chapéus. Nem todas as ocasiões pedem cores neutras como creme, bege e preto. Saiba escolher de acordo com a ocasião. Chapéus de cores marcantes funcionam bem se destacar de forma harmônica a cor da sua roupa. Mas evite usar cores que estejam muito “combinadas” ou exatamente da mesma cor.


* Mesmo que seu chapéu seja lindo, se ele for pesado e você tiver que carrega-lo no fim do dia, ou se ele provocar coceira, ele não é o ideal para você. Escolha um modelo que seja confortável para usar durante todo o evento.


* Seja fiel ao que gosta. Use um chapéu que lhe agrade assim que você vesti-lo. Mas não esqueça de continuar olhando outros modelos. E lembre-se: o mais importante, acima de todos os conceitos de harmonia com formatos de rostos, é que você goste do chapéu e se apaixone por ele. Isso é muito mais importante do que as “regras” e dicas relacionadas à sua fisionomia. E divirta-se sempre!



Confira os chapéus da Madame na loja: www.madamevintage.com.br

 
Clique aqui para conferir os chapéus na loja.




Posts Relacionados: 



Dicas: Como conservar seu chapéu

Dicas para combinar estampas! (Video) 

Video: 5 Formas de Prender seu Chapéu

O que é Chapelaria Millinery?

Curiosidades: Chapelaria (Video)


As Diferentes Facetas da Boina

Video: Como Fazer Penteado com a Boina

Acessórios para a cabeça: chapéu, fascinator, casquete, voilette

Dicas para escolher a bijouteria certa: brincos

Dicas: Como combinar seu colar com o decote

Dicas para escolher a bijouteria certa: colares



terça-feira, 11 de julho de 2017

As Diferentes Facetas da Boina




A boina é um chapéu clássico, que teve seu auge entre os anos 20 e 40 (mais especialmente entre os anos 30 e 40), e reapareceu nos anos 60. Ao longo da História, foi sinônimo de rebeldia e subversão. Nem todo mundo sabe, mas existem diferentes modelos, com diferentes nomes; e no Brasil, todos eles são chamados de boinas. Mas fora do Brasil, são chapéus diferentes. Vamos então conhecer os diferentes modelos e suas histórias.




Beret, a “Boina Francesa”


É a clássica boina “pancake” (panqueca), em forma de disco. Pode ser moldada em formas de madeira, ou pode ser costurada. Pode ser artesanal ou industrial. Esse modelo, que em inglês e francês se chama "beret", ficou conhecido como "boina francesa", mas na verdade é uma boina basca. A palavra beret foi usada pela primeira vez em 1835, e é derivada da palavra latina "birretum".




A história desse chapéu é antiga, e aparentemente, ele já era usado na Idade do Bronze, em toda a Europa do Norte, por gregos, cretenses, minoanos, etruscos e romanos. Há quem diga que foram os gregos que levaram este chapéu para a Espanha.


Este estilo de boina era tradicional dos pastores aragoneses e navrais, que viviam na região dos Pirineus, uma cordilheira que divide o sul da França do norte da Espanha. E é justamente por isso que tanto a França quanto a Espanha compartilham da cultura basca.


A beret usada na Renascença por aristocratas e pela realeza. Muitas vezes, essas boinas renascentistas eram feitas de veludo e decoradas com brocados, broches e plumas, como símbolo de prestígio. O rei da Inglaterra Henrique VIII costumava usar ricas boinas de veludo em cores pouco comuns, como verde, laranja e amarelo.

O Rei Henrique VIII usando a boina.
 

Este modelo de chapéu começou a se popularizar e se tornar um símbolo da cultura basca no século XVIII, no sul da França, feita de forma artesanal. E no século XIX, ela passa a ter uma produção industrializada. Na década de 1920, estas boinas eram associadas às classes trabalhadoras em regiões da França e da Espanha. Em 1928, elas também começam a ser produzidas por fábricas italianas, em milhões de exemplares.

Artesão usando a Beret.

No início dos anos 20, os americanos usavam a boina francesa associada ao traje esportivo. A partir dos anos 30, a boina francesa começa a se destacar, especialmente na moda feminina, e lentamente começa a substituir o cloche, no posto de chapéu queridinho da época. A boina francesa foi muito usada nos anos 30 e 40. E era usada por muitas atrizes de Hollywood. 

A Beret nos nos 20 e 30.

A boina nos anos 40.

Boinas em 1935: Beret e Tam Hat.

Divas do cinema usando a Beret: à esquerda, Jean Harlow, Marlene Dietrich,
 Ginger Rogers, e Lauren Bacall. À direita, Greta Garbo.



Aliás, durante a Segunda Guerra Mundial, a resistência francesa adotou a beret como símbolo do movimento. Mas essa não é a única ligação da boina francesa com as guerras, já que ela oi adotada pelas forças armadas de diferentes países, desde a primeira guerra mundial, e depois passou a ser usada principalmente por esquadrões de operações especiais. Exemplo disso são os chasseurs belgas Ardennais e os franceses Chasseurs Alpins; ou ainda os Green Berets (EUA), os Black Berets (USA Rangers), e os UN Blue Berets. Ela foi adotada até mesmo pelo guerrilheiro Che Guevara. A beret acabou se tornando um símbolo de rebeldia e subversão.

O guerrilheiro Che Guevara também adotou a boina.



Nos anos 60, ela volta a fazer sucesso juntamente com a cultura beatnik.

Nos anos 60, a Beret volta a fazer sucesso, juntamente com a cultura Beatnik.
 
A modelo Twiggy usando a Beret.
As atrizes Brigitte Bardot e Faye Dunaway
(no filme "Bonnie e Clyde"), usando a Beret.

A típica boina francesa é em cor preta, enquanto a típica espanhola basca é em azul marinho ou em vermelho.

 

 O Tam Hat


O Tam Hat é uma variação de um chapéu escocês, uma versão feminina do Tam o'Shanter. Há quem acredite que o tam o'shanter é uma espécie de variação ou "prima" da beret, e que elas se parecem devido ao fato de a boina ter sido muito usada por pescadores, ou ainda por conta da influência dos romanos na Europa. Esse modelo de boina escocesa já era usado no século XVI, por homens ricos e seus criados;  mas só se tornou popular no século XIX, por causa de um poema de Robert Burns, que foi justamente o que lhe deu este nome.



O Tam O’Shanter é um chapéu de lã, geralmente confeccionado em feltro, de diversas cores, mas tendo como tradicional a de cor azul, e com um pompom no topo. Também é muito tradicional em estampa tartan (xadrez escocês), que começou a ser produzido nos século XIX. Na maioria das vezes, o tam é um modelo com uma copa formada por gomos.

O Tam O'Shanter.


Existe ainda uma variação do tam o'sham é um modelo conhecido como balmoral, que é um chapéu tradicional escocês que faz parte da vestimenta formal, e já existe desde o século XVI. O nome balmoral surgiu no fim do século XIX. Assim como a beret, o Tam o'sham e o balmoral também foram adotados pelas forças armadas do Reino Unido, na Primeira e na Segunda Guerra Mundial. Muitas vezes, o balmoral era descrito simplesmente como um sinônimo de Tam O’Shanter.

Balmoral: usado pelas forças armadas do Reino Unido.
 
O Tam O'Shanter e o Balmoral:
adotados pelas forças armadas do Reino Unido.


No início dos anos 20, a versão feminina do chapéu tam se torna uma forte tendência, por causa da moda do cabelo curto. O tam hat aparecia em uma grande variedade de formatos e tecidos. Mas o mais tradicional é que seja feito com feltro, veludo ou seda. Muitas vezes, eram enfeitadas com bordados e aplicações, e também com tassles, plumas e broches. Alguns modelos também eram feitos de peles. No fim dos anos 20, aparecem versões menores, menos volumosas, que lembravam um outro modelo de chapéu conhecido como “toque”.

Modelos de Tam Hat dos anos 20.
 

Modelos dos anos 20.
Nos anos 30, elas fazem sucesso especialmente em diferentes padronagens de estampas xadrez, e também em crochê ou macramê. A tam hat continuou ainda a ser usada nos anos 40, juntamente com a beret.



 
Nos anos 30, o Tam Hat fez muito sucesso
em estampas xadrez.



O News Boy Hat


Esse modelo é diferente da beret e do tam hat, mas também é chamado de boina aqui no Brasil. Ele é mais uma espécie de boné, e tem uma variação chamada flat cap, que em vez de gomos, tem a copa mais reta (e daí vem seu nome). 


O Flat Cap surgiu no século XIV, no norte da Inglaterra, e na época, foi chamado de “bonnet”. Em 1571, o parlamento, em conformidade com a lei da rainha Elizabeth, decretou o uso obrigatório deste modelo a meninos a partir de seis anos de idade aos domingos. O intuito era incentivar o consumo de lã e o comércio com a Espanha. 

Flat Cap: uma variação do News Boy Hat.


Brad Pitt usando o Flat Cap e
Brian Johnson, do AC/DC, usando o Newsboy Hat.



O news boy hat, assim como sua variação, o Flat cap, era muito popular na Europa e nos Estados Unidos no século XIX. Predominantemente masculino, era um modelo popular entre meninos e homens adultos, e associado à classe trabalhadora.

Newsboy Hat: um chapéu masculino associado às classes trabalhadoras,
no século XIX e também no início do século XX.



O chapéu ganhou este nome porque ficou associado aos jornaleiros, por ser muito usado por meninos que trabalhavam entregando jornal. E significa justamente "chapéu de jornaleiro". Mas era usado por toda a classe trabalhadora. Era usado por jornaleiros, operários, metalúrgicos, estivadores, fazendeiros, artesãos, comerciantes e até mesmo por assaltantes.

Meninos entregadores de jornal.



Os homens de classes mais "altas" passaram a usar também o news boy hat, mas apenas para caça, esportes e golfe.


Nos anos 40, foi um modelo muito usado também pelas mulheres, que aliás, passaram a usar muitos chapéus que até então eram considerados masculinos.


Confira o video que eu preparei sobre esse assunto:




Clique aqui para conferir um tutorial de penteado com a boina.
 
Gostou da História da boina? Você gosta da boina? Passe na loja e escolha a sua: www.madamevintage.com.br
 

 
Clique aqui para conferir as boinas e outros modelos de chapéu.




 Posts Relacionados:


Video: Como Fazer Pentedo com a Boina

Confira mais das Novas Boinas!

O Chapéu Cloche

Chapéu Pillbox 

Mini Chapéus e sua História 


Problemas para prender seu chapéu? Novidade exclusiva para resolver... Hat Pins!


Video: 5 Formas de Prender seu Chapéu


Acessórios para a cabeça: chapéu, fascinator, casquete, voilette


A história do chapéu



Dicas: Como conservar seu chapéu



O que é Chapelaria Millinery? 


Curiosidades: Chapelaria (Video)