terça-feira, 18 de outubro de 2016

Na Garupa da Vespa: Entrevista com Letícia Loureiro




Eu fiz uma entrevista com a Letícia Loureiro, do blog “Na Garupa da Vespa”. Letícia é uma blogueira de estilo retrô e vintage, que gosta de várias décadas, desde os loucos anos 20 até os anos 60. De estilo romântico, ela também curte o estilo pin up, e possui um estilo particular muito próprio. Feminista, defende a luta das mulheres de todas as gerações passadas, que desde o século XIX, vem conquistando direitos para todas as mulheres. Ela também é apaixonada por cinema e música, assim como o Celso, namorado dela. Todos esses assuntos estão presentes no blog, que você pode conferir clicando aqui. Nós falamos sobre todos esses assuntos nessa entrevista, e você também pode conferir um vídeo super legal aqui mesmo neste post. Confira essa conversa e se inspire nas ideias e no estilo dela!





Madame Vintage - Como você define seu estilo?


Letícia - Romântico, básico com referências retrô. Meu “uniforme” são calças pretas de cintura com alta, camiseta xadrez e sapatilha (risos).


Letícia tem um estilo romântico e mistura
o retrô e vintage com o contemporâneo.
Foto: Acervo pessoal/blog


Madame Vintage - Como você conheceu o universo retrô e vintage?


Letícia - Diferente da maioria, eu não tive referências em casa sobre o assunto. Meus pais são muito novos, e quando pequena, nunca tive contato com esse universo. Em 2012, comecei um curso técnico de moda, minha matéria favorita foi história da moda, com uma professora incrível, que sempre levava peças vintage para a aula. Me apaixonei no instante que vi a primeira fotografia antiga.



Madame Vintage -  Quais as suas décadas preferidas?


Letícia - Eu amo a música de 1920, os penteados de 1940, a estética e filmes de 1950, e a juventude de 1960. De Woodstock pra frente não me identifico muito.

Letícia em ensaio de fotos estilo anos 20, em parceria com a Madame Vintage,
para o "Na Garupa da Vespa". Para conferir o ensaio, clique aqui.
 

Madame Vintage - Você se considera uma melindrosa? Se considera uma pin up? Qual estilo de pin up se encaixa mais no seu estilo?


Letícia - Não me considero uma pin up, mas adoraria incorporar o estilo cheesecake, meu favorito!



Madame Vintage -  Você se considera uma cinéfila?


Letícia - Eu amo cinema, e tenho procurado cada vez mais aprender sobre o assunto. Inclusive, quero trazer ele para meu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) de moda.



Madame Vintage - Quais os seus filmes favoritos?


Letícia - Se eu tivesse que responder de “bate e pronto”, diria “Pequenas Margaridas”, um filme de 1966 dirigido por uma mulher, e que tem uma estética e roteiro impecáveis. Mas também adoro “A Malvada”, “Funny Face” e “Gata em Teto de Zinco Quente”.





Madame Vintage - Quais as suas divas favoritas e quais servem de inspiração para você?


Letícia - Elizabeth Taylor é aquela pessoa que eu queria ser: adoro seus olhares e sua postura. Mas a que mais me identifico é Audrey Hepburn; apesar de clichê, desde os cabelos até as roupas e o corpo é a que mais me identifico.



Madame Vintage - Como você se tornou blogueira?


Letícia - Quando eu comecei a aprender sobre história da moda, quis repassar todas aquelas coisas incríveis que estava aprendendo. Na época criei um blog inspirado nas ilustrações do Alceu Penna, mas fazia (o blog) com outras duas amigas. Todas ficaram sem tempo e o projeto foi descontinuado bem cedo. Um tempo depois, comecei o Garupa sozinha. Abandonei por um longo período também, até voltar com tudo.



Madame Vintage - Como você e o Celso se relacionam com o cinema? Como vocês se relacionam com essa paixão em comum dos dois?


Letícia - Nós nos conhecemos por causa do cinema, e hoje ele é um dos nossos programas favoritos. Sempre que terminamos uma sessão, caminhamos conversando sobre o que o outro achou e apontando tópicos que o outro não reparou. São conversas muito gostosas e produtivas que acabam resultando nas resenhas que ele faz no blog de cinema dele (www.blackcine.com.br)

Letícia e Celso são os autores do blog.
Foto: Blog na Garupa da Vespa


Madame Vintage - Como você percebe as mulheres de antigamente e as dos dais atuais?


Letícia - Sinto que as mulheres têm conquistado mais espaço, ganhado mais voz e as redes sociais tem ajudado a quebrar os estereótipos de que mulheres são desunidas, e ajudado a esclarecer e dar apoio para mulheres que sofrem.



Madame Vintage - Como você vê o feminismo e a luta por direitos, ontem e hoje? (Relembrando as lutas e conquistas que vêm acontecendo desde o século XIX)


Letícia - As mulheres que antes lutavam por direito ao voto, que iam trabalhar fora, que buscavam seus direitos eram vistas como loucas. Hoje, nós conquistamos boa parte do que elas pediam, mas aquelas que ainda lutam por mais igualdade e respeito também são vistas como loucas. Fico feliz que esse assunto venha sendo mais discutido, mas ainda fico triste quando vejo esse tipo de reação das pessoas, de acharem que feministas são todas loucas.



Madame Vintage - Quais as referências e inspirações para o seu estilo?


Letícia - Eu uso muito o Pinterest, vejo muitos filmes, então quando vejo algo que gosto sempre salvo em uma pastinha ou fico com aquilo na cabeça. Não sei se existe alguma personalidade que eu me inspire para montar meus looks.



Madame Vintage - Você se sente empoderada? Como aconteceu esse processo?


Letícia - É um processo lento e que ainda não está 100%. Tem dias em que eu acordo e me sinto linda, e dias em que eu só quero me enfiar em um buraco (risos). Mas acho que isso é completamente normal nesse processo de aceitar quem a gente é, sem se preocupar com os padrões, e de fazer o que a gente quiser, sem se preocupar com o que os outros vão pensar. Hoje, eu me importo bem menos com a opinião dos outros do que antes, por isso me sinto mais livre pra fazer as coisas que tenho vontade.

No Garupa, Letícia também fala sobre empoderamento feminino.
Imagem: Blog Na Garupa da Vespa




Madame Vintage - Quais as suas maiores paixões?


Letícia - Eu amo história da moda, amo postar no meu blog, ver filmes e todos os cachorrinhos do mundo (risos).



Madame Vintage - Quais os seus acessórios favoritos?


Letícia - Tudo que tenha flores ou que seja delicadinho



Madame Vintage - Quais os seus cantores e bandas favoritos? São de décadas passadas?


Letícia - Elvis Presley, Johnny Cash e Florence Welch.



Madame Vintage - Que muso de outras décadas seria o seu crush, se você vivesse na mesma época que ele?


Letícia - Elvis, James Dean ou Alain Delon. Mas confesso que Elvis seria minha prioridade (Risos).



Conheça o blog da Letícia: www.nagarupadavespa.com.br



Posts Relacionados:

Madame em ensaio Melindrosa!

A Moda dos Anos 50

História do Estilo Romântico

Video: O Retrô é machista?

 

terça-feira, 11 de outubro de 2016

O que é Bombshell?



Bombshell é uma sex symbol. A Pin Up Bombshell é uma Pin Up extremamente sexy. Essa expressão foi usada pela primeira vez nos anos 30, e a primeira a ser chamada assim foi a atriz Jean Harlow, no filme “Platinum Blond”. 

Jean Harlow é considerada a primeira Bombshell.

Foi no filme "PLatinum Blonde" que Jean Harlow
foi chamada de bombshell pela primeira vez.
Foi também a primeira vez que o termo foi usado.

A Bombshell ficou muito associada às Pin ups de Hollywood, e para ser chamada assim, era preciso um corpo escultural e muito sex appeal. Nos dias de hoje, as bombshells não precisam ser atrizes de cinema.  Marilyn Monroe, Rita Rayworth, Jane Mansfeld, Ava Gardner, Elizabeth Taylor e Brigitte Bardot foram ícones das Bombshells. 

 
Jane Mansfield, Marilyn Monroe, Ava Gardner:
o conceito de
Bombshell ficou muito
associado às atrizes de Hollywood
Outra celebridade, que não era atriz mas também foi chamada de Bombshell por ser extremamente sexy, foi a modelo Bettie Pagie, que posava para fotos de estilo fetichista.


A modelo Bettie Page, apesar de não ser atriz,
também ficou conhecida como Pin
Up Bombshell.



Quer saber mais sobre Bombshell e o estilo Pin Up?
Dá uma olhadinha aqui embaixo,
e faça o download do E-book gratuito! ♥

Confira os Acessórios artesanais da Madame Vintage: www.madamevintage.com.br
 

* Este texto é um trecho do livro "Guia de Estilo: Dicas para montar seu Guarda-roupas Pin Up". Para ler na íntegra, clique aqui e faça o download do livro gratuitamente.
Clique aqui para fazer seu download gratuitamente
Posts Relacionados: