terça-feira, 27 de outubro de 2015

O Chapéu Cloche

O Cloche foi um modelo de chapéu muito usado entre os anos 20 e 40. Foi um ícone da figura da melindrosa, a moça alegre e aventureira, que estava sempre em busca de diversão. É um modelo francês, criado por Caroline Reboux, e seu nome significa "sino", devido a seu formato, com abas curtas e parecido com uma touca. Foi criado em 1908, mas só fez sucesso nos anos 20. Há quem diga que ele é uma variação de um modelo de outro chapéu antigo, do século XIX.

Personagens de Angelina Jolie, no filme "A Troca",
e de Naomi Watts, no filme "King Kong". As duas usavam o cloche,
muito usado entre os anos 20 e 40.

Durante a Primeira Guerra Mundial, as mulheres saíram de casa e foram trabalhar fora, no lugar de seus maridos, filhos e parentes homens. Isso lhes trouxe um desejo maior de independência. O vestuário do pós guerra mudou, trazendo um pouco de androginia à silhueta feminina. As roupas ficaram mais soltas, marcando menos as curvas, a barra dos vestidos subiu, e a cintura ficou mais baixa.

Os anos 20, também conhecidos como "os anos loucos", ficaram marcados por toda uma geração insatisfeita do pós guerra, que buscava a liberdade e os prazeres da vida, aproveitando a vida em cada instante. Assim, essa época ficou conhecida pelas grandes festas, marcadas pelo consumismo, gastos desenfreados e muito champanhe, embaladas ao som do jazz e do charleston. Por esse valor de vida consumista, gastador e festeiro, os acessórios costumavam contar com muitas plumas, brilho, transparências, franjas e bordados no vestuário noturno. Durante o dia, as mulheres usavam o cloche. Os ornamentos em estilo Art deco eram muito usados na chapelaria.

Durante o dia, as mulheres usavam o cloche.

O uso deste modelo de chapéu estava diretamente ligado ao corte de cabelo das mulheres. Usava-se o corte "À La Garçonne", também chamado em inglês de "Bobby" e conhecido por aqui como "Channel" (foi popularizado pela figura da estilista de moda Gabrielle Chanel, que estava muito em alta nessa época). Há quem diga que o cloche foi ajustado de modo a ser usado com este corte de cabelo. E há quem diga que o corte se popularizou por causa do cloche, porque ficava difícil usá-lo com cabelos compridos. Vende mais porque é fresquinho ou é fresquinho porque vende mais? Difícil dizer quem precedeu quem, mas não há dúvidas de que o chapéu e o corte de cabelo estavam intimamente ligados.
O cloche estava diretamente ligado ao corte de cabelo "À la Garçonne"

O fato é que o cloche era, naquele tempo, um símbolo da autonomia e do empoderamento feminino. Foi um período também marcado pela militância das sufragettes e a conquista do direito ao voto feminino em alguns países. O acessório se tornou uma febre, e seu uso era quase obrigatório. A atriz Louise Brooks tinha o cloche como ícone de estilo, e era uma referência de moda na época. Nos anos 30, o cloche continuou a ser usado, mas não com o mesmo sucesso dos anos 20. Nos anos 40, com a guerra, seu uso decaiu. Em 1949, surge uma variação do cloche, com abas mais estreitas, em modelos menos afundados na cabeça, permitindo que se veja mais do rosto e do cabelo das mulheres que o usavam. Na década de 1960, o cloche foi revitalizado por Halston, um designer de roupas que  sendo este modelo de chapéu parte de sua coleção outono-inverno.

A atriz Louise Brooks transformou o cloche num ícone de estilo.

E aí? Gostou? Gosta do cloche? Passe na nossa loja e conheça nossos modelos artesanais: www.madamevintage.com.br. Nossos produtos são peças únicas (um exemplar de cada). Confira o seu, antes que acabe!




Para conferir nossos chapéus, clique aqui e aqui.




Posts Relacionados:

Dicas: Como conservar seu chapéu

Chapéu Pillbox




quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Video: Dicas para usar a flor com o voilette



Como usar o voilette e a flor dos nossos kits? Nesse video, eu te mostro como! É bem fácil! Aproveite para se inscrever no nosso canal! (Clique aqui para se inscrever.) Ah, e não se esqueça de contar o que achou do video. Comente! Conte o que você quer ver nos nossos próximos videos e aqui no blog.



Posts Relacionados:

Video: Dicas para usar o casquete

Estilo Pin Up: acessórios para a cabeça

Estilo Pin Up

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Chapéu Pillbox

O chapéu Pillbox, também conhecido como "chapéu de aeromoça", ficou conhecido como a marca registrada da primeira dama dos EUA, Jackeline Kennedy. O Pillbox surgiu nos anos 30, e seu nome, do inglês, significa "Caixa de Pílulas", por causa de seu formato redondo. Mas há quem diga que ele tem origem militar e que fazia parte da vestimenta militar do Império Romano.

O chapéu pillbox ficou conhecido como a
marca registrada de Jackeline Kennedy.
Na década de 30, ele surge como um modelo de chapéu simples e de corte reto, pequeno e sem abas. E fazia sucesso por causa de sua simplicidade e elegância.  O Pillbox se popularizou com a atriz Greta Garbo, que usou um no filme "Como me queres", em 1932. Nessa época, os modelos eram simples, em cores sólidas e sem muitos adornos. Mas nem por isso simplórios, sendo elaboradamente projetados. 

Greta Garbo popularizou o Pillbox no filme
"Como me queres", em 1932.
Muitas vezes decorados com broches ou jóias, frequentemente também tinham um pequeno voilette. Geralmente eram confeccionados em feltro, mas também apareciam em outros materiais, como veludo, organdi e até mesmo em peles de lince, raposa ou leopardo.
Modelo Pillbox de 1936.
Modelo Pillbox com voilette, de 1943.
A popularidade do Pillbox aumenta no período após a Segunda Guerra Mundial, e ganha força com o estilista Crisóbal Balenciaga. Geralmente, vinha com o véu (voilette), e costumava ser usado em tamanho pequeno, lembrando até mesmo um casquete. Mas foi nos anos 60 que ele atingiu seu auge. Graças à Sra. Kennedy. A primeira dama, ícone da moda da época e referência de estilo e elegância, combinava a alfaiataria de seus tailleurs com luvas e chapéus pillbox. Até mesmo no evento trágico do assassinato de seu marido, Jackie Kennedy usava um chapéu pillbox.

Modelo de Pillbox com voilette, dos anos 50.

Até mesmo no dia do assassinato de seu marido
Jackie Kennedy usava um chapéu pillbox.


O modelo continua ainda hoje a ser um ícone de estilo, especialmente para quem aprecia e se identifica com o estilo retrô. Em diferentes formas e modelos, o pillbox ainda agrada a muitas, e é ícone de elegância. Ele é usado ainda hoje na Inglaterra, muitas vezes por noivas. Existem muitas adeptas que usam o pillbox em looks de estilo pin up, Lolita e até mesmo steampunk. Gostou? Confira os nossos: www.madamevintage.com.br .



Para conferir esses produtos, clique aqui e aqui.





Posts Relacionados:


O Chapéu Cloche

Acessórios para a cabeça: chapéu, fascinator, casquete, voilette

A história do chapéu

Video: Dicas para usar o casquete

História da Bandana